Quem sou eu

Minha foto
Miradouro, Minas Gerais, Brazil

As Minhas 15 Mais

14 de junho de 2012



O que seria do amor, se não fosse o Dindo?


”Esta semana uma repórter  me fez a seguinte  pergunta: 
“O que é necessário para ser um líder”?
 Respondi, dizendo que é necessário que se aprenda a ler poesia, é necessário que se aprenda a senti-la profundamente, desenvolvendo assim sua sensibilidade..”.


...


Convido você para uma sessão nostalgia, com uma uma obra escrita em algum lugar em 2008.
Hoje, resolvi te propor um  encontro  com a  verdade, que te levará a sentimentos profundos...
Talvez,  você já os conheça. Quem sabe eles estejam  bem perto de você... 




O que seria do amor, se não fosse o Dindo?





Saboreie...




Por acaso, é amor...





Se você tocar o rosto
 da mulher querida,
e ela,
lentamente fechar os olhos...
não tenha medo
está nascendo o amor !



Se quando você chega,
Ela abre um sorriso,
e só reconhece em você
a razão das palavras...
você ainda não sabe,
mas esta mulher o ama !


  Se acaso uma discussão houver,
e sem palavras,
apenas olhares,
conduzir-lhe ao pedido de perdão...
você ainda não sabe,
que está amando essa mulher!

Se, quando o cheiro dela,
em silêncio,
tocar seu coração...
se, por alguns instantes,
diante de Deus ou de lágrimas,
sonhou ou suspirou,
pensando em ter filhos...
Pode ter certeza,
que o amor habita em vocês!

É o amor precioso,
e precioso é o amor...
tanto que muitos de nós,
desatentos, desapercebidos,
passam por essa vida
sem reconhecê-lo!







Primeira Sala Digital Móvel do Brasil – Projeto Brasil de Perto.


Como sabemos, vencer o analfabetismo ainda é um grande desafio em nosso município.
Segundo censo do IBGE de 2002, o município contava com 21% da população de analfabetos. Em 2011, uma sondagem das equipes de PSF constatou que esse número baixou consideravelmente para 7%.
Com o objetivo de erradicar o analfabetismo no município, implantamos em 5 de novembro de 2011 mais um projeto inovador: Brasil de perto: Alfabetizar para crescer: Alfabetização Itinerante. Temos um professor itinerante que ministra aulas em uma Sprinter nos bairros da cidade. Os alunos não precisam se deslocar até as escolas, mas sim até a Sprinter que estará situada em seu bairro, condicionando maior comodidade e viabilidade aos munícipes.
Além da professora itinerante, contamos também com vários professores que ministram aulas nas residências das pessoas que são previamente identificadas pelo Programa Saúde da Família. Com o intuito de proporcionar maior eficácia ao projeto, o professor atende individualmente cada aluno em sua residência, poderíamos dizer que cada professor do Brasil de Perto passa a ser um “agente da educação”.  
Entendemos que além dos analfabetos, possuímos no município  outro desafio de igual importância, os analfabetos digitais. Baseado nessa  realidade, implantaremos no município  nas próximas semanas o Projeto Brasil de Perto Digital Móvel, que contará com a “primeira sala digital móvel do país”.  Uma Sprinter equipada com 5 netbooks  e um professor de informática, que  se deslocará aos bairros levando o conhecimento digital onde os alunos estão.
Permitir o acesso à Tecnologia de Informação é um dever do Centro de Gestão.
Através desses investimentos, o Centro de Gestão garante à população qualificação profissional, dando oportunidades iguais para todos,  democratizando o acesso ao mercado de trabalho.




3 comentários:

Cida Lorenzato disse...

Lindo!!!Muita delicadeza de sentimentos...

Cida Lorenzato disse...

Tenho muito orgulho em ser sua munícipe e amiga!!!

leticia costa disse...

parabens meu amigo